Desfruta do sol, maria – Energia.é

Desfruta do sol, maria - Energia.é 1

A comparência do bom duração é acompanhado de um aumento da duração de exposição ao sol, o que tem benefícios essenciais para a nossa fortaleza, melhorando a permeabilidade de vitamina D, favorecendo a circulação sanguínea, afetando de forma positiva na manutenção de um bom estado de espírito, prevenindo a versão da depressão, e a melhorar as nossas capacidades cognitivas, devido ao seu efeito em certos neurotransmissores do sistema inquieto central.

Carente, a melhoria do tempo de duração de exposição ao sol cargo ser feito de forma equilibrada e prevenindo os efeitos negativos que esta exposição pode acarretar.

Nossa pele tem uma substância chamada melanina, que protege a pele da fosforescência solar. Esta substância é responsável pela cor de nossa pele (aproximadamente bronzeada) e da cor de nossos olhos.

As pessoas que têm menos melanina (pele e olhos claros) são mais vulneráveis aos efeitos prejudiciais da emissão solar.

É imperioso evitarem a exposição ao sol nos períodos em que esta é mais intensa, devido à possibilidade de aparecido de queimaduras solares e, no longo prazo, a possibilidade de espectro de lesões degenerantes ou tumorais na pele como o número de dermatológico.

Foi confirmado que a exposição inadequada ao sol, atualmente em idades precoces (infância e juventude) aumenta a desgraça de aturar estes transtornos.

Para evitar as lesões na pele por exposição ao sol é imperioso aproveitar os trajes protetores e cremes de protecção solar.

Da mesma forma é forçado aproveitar óculos de proteção para os olhos (óculos de sol) devidamente homologadas para evitar que as radiações nocivas do sol causem danos nossos olhos.

Igualmente, é forçado hidrate-se adequadamente com bebidas que incluem não apenas líquidos, mas, ainda, sais minerais, como a sopa fria, smoothies e sucos de frutas e legumes, etc.

No caso dos pequenos, há que ser especialmente cauteloso, devido à sua específico fraqueza e sensibilidade antílope qualquer exposição inadequada ao sol.

O direitos de linfa anatômico dos pequenos é superior ao dos adultos e o seu acidente de evaporação é, por este motivo, mais crescido.

Além disso, as consequências negativas de uma exposição inadequada ao sol, atualmente, desde a infância são maiores.

Fator de proteção solar

A utilização de cremes de protecção solar está indicada em situações onde a exposição ao sol pode provocar queimaduras da pele, aumente a ventura de padecer melanoma ou sarcoma de pele ou provocar outras doenças por exposição prolongada à luz solar.

O cosmético é responsável aplique sobre a pele ao escolher o fator de proteção solar (FPS) adequado.

Com níveis de emissão elevada ou muito elevada, como ocorre, por exemplo, no inverno, vai dever aplicar-se um creme com FPS 30 ou 50+, respectivamente. Com níveis de difusão alta aplica-se um FPS 25 e com níveis baixos ou moderados de fosforescência solar é utilizado um FPS 15.

São oferecidas as próximas recomendações com relação à aplicação do cosmético com FPS:

-aplicar o creme de cerca de 30 minutos antes de começar a exposição ao sol, e durante todo o período que se continue exposto ao mesmo, inclusive, mas o sol não seja pleno e tenha nuvens,

-a cada duas horas e após a ablução vai voltar a aplicar o cosmético protetor com FPS, a aplicação de sorvete será libertado e não vão deixar áreas da pele sem proteção, salvo por razões médicas específicas,

-contornar a exposição ao sol no tempo em que a divulgação solar é mais intensa, e isso ocorre na faixa horária preliminar e consecutivo ao meio-dia, tendo presente o desvio caixa de cada meridiano (no meio de 11 de futuro e as 4 da tarde, em Portugal),

-a exposição ao sol vai dever ser acompanhada de incorporação conveniente, tomando um aspersão, fazendo exercício, tomando líquidos abudantemente para evitar a consumação. Não é aconselhável durar lançado ao sol durante longos períodos sem atividade ou desprovido mudar de situação.

Os pequenos necessitam de uma proteção específica na frente das radiações solares do mormaço em grao, no depósito, etc, devido ao alto acidente de evaporação e o maior acidente de aparecido de carcinoma de pele por exponerles ao sol, atualmente, a partir da puericia. Consulte o seu pediatra das medidas singulares apropriados para o seu filho.

Em linhas gerais, no caso dos pequenos, é destacado que usem além de o cosmético de protecção apropriado, roupas protetoras que cobrem a pele exposta ao sol, recomendándose que continuem protegidos por uma inclui rede em grao, no depósito, etc.

Vai dever ser evitada a exposição dos pequenos para a emissão solar em trechos horários em que esta é mais intensa.

Os lactentes e crianças com menos de 6 meses não vão dever de se expor ao sol, vão para dever durar a lembrança e protegidos por enxoval conveniente e cremes de protecção solar específicas para bebês.

Este artigo foi revisado por: M. Gibral 🏆 (1)
23 de janeiro